sexta-feira, fevereiro 25, 2011

Hot pepper and chocolate...

Tão suave teu sabor...
E ardente seu pecado
Como um prato de pimentas
Com chocolate misturado

Teu pelo, tua pele, tem um gosto especial
Quente, intenso... surreal

A teu corpo suado, molhado, desejado
Entrego o meu arqueado, duro, preparado
Pronto pra ser marcado pelos teus desejos
Pronto para ser tocado por teu beijo

Que me percorra e me prove a cada parte
Tudo marcado com a intenção do prazer

Solte teus cabelos e deixe cair com os meus
Nossa alma dança enquanto eles só podem voar
É nesse céu vermelho e ardente que contigo quero estar
Pois só nele vou poder te provar

Sua cor morena, teus seios macios
Suas coxas grandes e lábios vermelhos
Costas arqueadas e preparadas
Pernas... entrelaçadas

Deixa meu calor te levar
E te dominar dentro do meu ninho
Onde juntos estaremos tecendo nossos fios

Fios quais escreverremos nossas vidas
Impedindo a quem esse dever foi incubido
Pois não quero deixar que façam
Minha vida longe de teu caminho

Dentes rasgam a carne...
Enquanto gritos marcam os sentidos
Unhas seguem os instintos
E deixam saber o quanto queria aquilo

Teu suave suspiro ao pé do ouvido
Meu perigoso pedido ao pé do ouvido
Entregando a ti o que valorizo
Levando a ti no fim do paraiso

Quente, forte, molhado...
De pernas bambas e teu corpo arqueado
Tremendo intensamente sem controle...
Viajando pelos prazeres e pelas dores...

Em teu corpo quero ser
O teu corpo quero ter
Quero entrar e procurar
Conhecer, explorar
Rasgar, entrar, viver, sentir
Provar, provar, provar.... repetir

(Sinner)

2 comentários:

Arianne Carla disse...

Quanta intensidade em seus escritos... E a sensualidade provocada em sensações delicadas. Gostei muito do jeito que tudo foi empregado e mais, seu poema é muitíssimo intenso. Gostei demais.

Francorebel disse...

Prazer
Pra-ser
Pra-zé
Azedo
Dopra
Do prato
Potrapz
zporafek
sojdfos
fdmokfdmdd
___

Que será realmente esse tal de prazer?

Postar um comentário